Paciente relata melhoras obtidas com BEMER na recuperação do pé fraturado

Com frequência, a BEMER Brasil recebe depoimentos de pessoas que utilizaram a Terapia Física Vascular BEMER e obtiveram melhoras no alívio das dores. O mais recente é o da psicóloga Andrea Mingardi, que mora em São José do Rio Preto, São Paulo (SP).

Em novembro de 2020, quando Andrea fraturou o pé, as dores, durante o período de recuperação, eram fortes. Além do uso de tala, ela também fez uso de muleta. O esforço feito para caminhar provocou dor intensa no joelho, acompanhado de uma dor na coluna, da qual sofria há anos.


“A dor no pé era intensa, então eu tirava a tala e fazia as sessões da terapia. E era incrível, a dor sempre desaparecia após as aplicações. Depois, como usei muleta por algum tempo, acabei forçando demais os joelhos e também passei a ter dores terríveis neles. Fiz o mesmo processo anterior, comecei a aplicar o dispositivo nos joelhos e novamente fui surpreendida. As dores sumiram e não voltaram mais”, lembra.


Andrea ainda relatou ao nosso represente BEMER Brasil, Cristiano Molina, em um vídeo gravado durante a realização de um curso em São Paulo, que há anos sofria de dores na coluna e que a Terapia BEMER também aliviou essas dores. “O alívio foi de imediato”, disse ela no vídeo.


Recentemente divulgamos em nosso blog o depoimento de uma paciente que sofria com artrose nos joelhos e que após cinco sessões da nossa terapia apresentou melhoras significativas. A senhora Maria da Penha, do Espírito Santo (ES), chegou à clínica da fisioterapeuta Cláudia Cajá, localizada em Itajubá, Minas Gerais (MG), com visíveis dificuldades locomotoras causadas pela doença. Mas não era só isto. A paciente também estava com déficit circulatório provocado por varizes nas pernas, dor lombar e deambulação (dificuldade para andar ou caminhar). Em cinco sessões de fisioterapia com aplicações complementares da terapia BEMER, a situação da Maria da Penha melhorou muito.


“Eu estou muito satisfeita com os resultados, que ocorreram em tão pouco tempo. Após as cinco sessões, eu já consegui andar perfeitamente e me senti praticamente reabilitada”, afirma. Neste período de tratamento, a Maria da Penha conseguiu voltar a cortar as unhas dos pés, algo que não fazia há muito tempo, desde que os problemas motores se agravaram. Assista ao depoimento completo dela aqui.


A BEMER Brasil, distribuidora oficial dos equipamentos BEMER no país, relata que a tecnologia tem a proposta de estimular o movimento vasomotor (movimento próprio dos vasos) promovendo desta forma uma melhoria na microcirculação. Vale destacar que o desempenho físico e mental, o crescimento, o processo de cura, bem como um grande número de enfermidades estão diretamente ligados à microcirculação.


Uma microcirculação prejudicada pode provocar mal-estar e até mesmo diversos tipos de doenças, como por exemplo, Trombose, Dores crônicas, Fibromialgia, Dor nas Costas, Diabetes, Fadiga, Estresse, Insônia, Reumatismo, Distúrbio Arterial Periférico, Polineuropatia e outras enfermidades. Saiba mais sobre os dispositivos BEMER pelo WhatsApp: (41) 98873 2429.

87 visualizações0 comentário